SEXTA, 20/11/2020, 19:35

128 agentes públicos devolvem auxílio emergencial recebido irregularmente

Em Londrina, um servidor municipal não devolveu e vai responder processo disciplinar.

O Tribunal de Contas do Paraná indicou 259 agentes públicos municipais que receberam auxílio emergencial sem direito ao benefício, uma soma de 178 mil reais. Entre eles estão estagiários, servidores, aposentados, pensionistas e conselheiros tutelares. Ao longo do trabalho de investigação da Corregedoria de Londrina eles foram ouvidos. 128 decidiram devolver o auxílio, um valor que, somado, passa de 137 mil reais. 68 agentes foram notificados a devolver o dinheiro e não pagaram e 32 justificaram o recebimento. Segundo o corregedor, Alexandre Tranin, é o ministério da cidadania que vai analisar a plausibilidade da justificativa. Entre os servidores municipais, um vai responder processo disciplinar porque não devolveu o que foi recebido indevidamente.

17 agentes públicos não receberam a notificação por alterações de endereço.

Por Livia de Oliveira

Comentários