QUINTA, 16/11/2017, 19:38

Agricultores do Paraná podem participar de Projeto Rural Sustentável

No estado são 10 cidades em que os produtores rurais participantes vão ser beneficiados em dinheiro.

O projeto tem foco em ações para desenvolvimento de agricultura de baixa emissão de carbono nos biomas da Mata Atlântica e Amazônica. Dentro desse contexto foi aberto edital para produtores que queiram incluir sua propriedade no projeto, e receber benefícios por hectare. O projeto apóia as tecnologias de integração de lavoura pecuária florestas, plantio de florestas comerciais, recuperação de áreas degradadas com pastagem ou com floresta, e manejo sustentável de florestas nativas.

As cidades do Paraná que estão contempladas no projeto são Bandeirantes, 1º de Maio, Paranavaí, Nova Londrina, Dois Vizinhos, Renascença, Realeza, Francisco Beltrão, Itapejara do Oeste e Verê.

De acordo com a coordenadora do bioma mata atlântica do Projeto Rural Sustentável, Patrícia Reis, há duas categorias em que o produtor pode se inscrever, de Unidade Multiplicadora, para aquele que tem intenção de implantar em sua propriedade alguma tecnologia de baixo carbono apoiada pelo projeto. E de Unidade Demonstrativa para aquelas propriedades que já adotam uma ou mais dessas tecnologias. Ela ainda explica como o produtor pode se inserir no programa.

Patrícia explica que para as unidades demonstrativas o beneficio é de 5 mil e 220 reais por hectare de área declarada, sendo possível declarar até 4 hectares. Já nas unidades multiplicadoras o produtor recebe até 1 mil e 500 reais por hectare.

As propostas técnicas devem ser submetidas para avaliação até o dia 30 de novembro no portal www.ruralsustentavel.org.

O Projeto é uma parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), junto do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Embaixada Britânica.

Por Bruno Carraro

Comentários