QUINTA, 15/04/2021, 19:36

Anúncios em principal plataforma online do país vendem de carteiras profissionais a diplomas falsos de engenheiro

Gerente do Crea diz que um dos casos mais perigosos detectados até agora, em parceria com plataforma digital, foi a venda de laudos técnicos para instalação de para-raios.

A primeira denúncia surgiu há mais ou menos um ano, em São Paulo, com a venda de uma carteira do Crea. De lá pra cá foram dezenas delas e dos mais diversos tipos, como fornecimento ilegal de Anotações de Responsabilidade Técnica, de credenciais de engenheiros e até de diplomas falsos para gente não habilitada na área.  O trabalho de fiscalização ganhou força com o acordo de cooperação técnica, assinado pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, o Confea, e o Mercado Livre, maior plataforma de vendas online da América Latina.

Com a parceria, o Crea Paraná começou a monitorar mais de perto, e com mais frequência, a venda ilegal de serviços e produtos do tipo pela internet, o que agilizou e muito o trabalho, explica a gerente do Departamento de Fiscalização do órgão, a engenheira Mariana Maranhão.

Também foram detectados casos de pessoas que comercializavam diplomas falsos. Todos eles foram enviados para providências dos órgãos competentes e em algumas situações podem resultar em um processo criminal.

Um dos casos mais perigosos detectados até agora, diz a engenheira, está relacionado ao laudo para instalação de para-raios em edificações dos mais diversos tipos, de prédios residenciais e comerciais a indústrias, por exemplo.

De acordo com a gerente de Fiscalização do Crea paranaense, os anúncios ilegais também foram encontrados em outras plataformas de venda online e até em redes sociais.

Qualquer denúncia sobre problemas do tipo podem ser feitas ao órgão pelo aplicativo do Conselho, que está disponível na APP Store ou no Google Play.

Outra alternativa é o site do Crea, basta procurar por Fiscalização e Denúncia On-line, e tem ainda o 0800 041 0067.

Por Marcos Garrido

Comentários