TERCA, 23/07/2019, 14:53

Café com sabor de frutas e flores é resultado de pesquisas realizadas pelo Iapar

São variedades que misturam qualidade e resistência às pragas e doenças. Oportunidade para os amantes da bebida e para os agricultores do Paraná.

Café com aroma e cheiro de maracujá, cupuaçu, limão siciliano e jasmim. Mas, tem de morango também. Esses sabores, que agradam os amantes de um café de qualidade são variedades conseguidas por meio de pesquisas realizadas pelo Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). A pesquisadora Patricia Santoro explica que essas espécies exóticas combinam produtividade, qualidade de bebida especial e diferenciada e resistência às pragas e doenças.  

São anos de pesquisa para oferecer uma ótima qualidade ao consumidor de cafés gourmets, que normalmente é muito criterioso com o produto final. A pesquisadora destaca que o consumo de cafés especiais está em plena expansão no Brasil e também no mundo.

De acordo com Patrícia, os cafés especiais são, em sua maioria, mais caros que os mais comuns. Mesmo assim, já são encontrados em mercados. Mesmo com um preço que chega a ser dez vezes maior que o tradicional, os amantes de novos sabores estão dispostos a pagar um valor alto pelo produto. Bom negócio também para o agricultor que investe em qualidade e recebe mais pela mercadoria.

Para facilitar o acesso do produtor rural às tecnologias, o Iapar organiza dois concursos de cafés especiais por ano: o Concurso Café Qualidade Paraná e o CUP de Cafés Especiais das Mulheres do Norte Pioneiro. A intenção é divulgar o trabalho dos cafeicultores do estado.     

Por Claudia Lima

Comentários