SEGUNDA, 25/01/2021, 18:35

Candidatos que não puderam fazer prova do Enem podem pedir reaplicação até sexta-feira

Recurso pode ser solicitado por quem teve problemas logísticos ou diagnósticos positivos para doenças contagiosas.

Quem se inscreveu para participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas não pôde realizar a prova por conta de problemas logísticos ou diagnósticos positivos para doenças transmissíveis tem até o dia 29 de janeiro para fazer o pedido de reaplicação do exame. O sistema foi liberado nesta segunda-feira (25) para que os candidatos façam a solicitação. As novas provas devem ser aplicadas nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Na semana passada, a CBN Londrina acompanhou o caso da mãe Elieth Oliveira. A filha de Elieth foi impedida de participar do primeiro dia de aplicação da prova do Enem por conta da ocupação da sala em que estava inscrita ter chegado ao limite. De acordo com a mãe, nesta segunda etapa do processo seletivo, a candidata, apreensiva pela possibilidade da situação se repetir, optou por não comparecer e solicitou a reaplicação das duas provas. No entanto, todos os pedidos vão passar pela análise do Inep, órgão responsável pela realização do Enem.

Elieth conta que a prova faz parte da construção do sonho da filha, que deseja estudar Medicina e passou em diferentes universidades. Mas, agora, ela precisa participar do processo seletivo para buscar apoio do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), programa que auxilia no financiamento de cursos do ensino superior.

De acordo com o advogado Anderson Oliveira, o pedido para reaplicação da prova não é válido para todos os casos. O edital contempla situações específicas que serão examinadas pelo Inep para aprovar a realização da prova e, de acordo com o advogado, é preciso estar atento às especificações informadas para fazer a solicitação.

Segundo o advogado, os casos de superlotação que aconteceram no primeiro dia de prova, não estão contidos no edital do concurso e, por isso, a análise do pedido fica a critério do Inep. Se o solicitante não concordar com o parecer do órgão, poderá recorrer judicialmente da decisão. Oliveira alerta que é importante que se apresente registros que comprovem a situação do impedimento, como vídeos gravados no momento ou boletins de ocorrência.

Os pedidos para remarcação da prova podem ser realizados pela Página do Estudante, no site do Enem. A divulgação dos resultados está prevista para o dia 12 de fevereiro.

Por Victor Assis

Comentários