SEGUNDA, 26/07/2021, 19:01

Cismepar abre edital para credenciar empresas que vão oferecer serviços ambulatoriais nos municípios da região

Com nova medida, associação espera que volume dos atendimentos aumente em 30%.

Com objetivo de ampliar os serviços de saúde especializados na região norte do estado, o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema (Cismepar) abriu um novo edital para credenciar empresas do ramo da saúde que vão atender usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A partir do dia 13 de agosto, as companhias podem enviar a documentação exigida para participar do processo. O edital tem validade de 12 meses e durante este tempo, as empresas podem solicitar o vínculo a qualquer momento.

Os credenciamentos realizados ao longo deste período podem ser renovados por até cinco anos. De acordo com a diretora executiva do Cismepar, Silvia Karla, com a queda no número de internações por conta da Covid-19, a associação identificou a necessidade da ampliação.

A expectativa é que o volume de atendimentos ambulatoriais tenha um aumento de 30%. Para alcançar o resultado esperado, ela afirma que todos os profissionais que atenderem aos critérios de seleção vão ser contemplados.

O Cismepar atua em programas de interesse comum aos municípios que, por sua vez, executam contratos de ações anuais. Segundo Silvia Karla, o orçamento-global de 2021 garante a realização dos atendimentos deste ano e a ampliação do serviço será feita de acordo com os contratos firmados.

Ao todo, 47 especialidades médicas fazem parte da relação. Entre as áreas de atuação contempladas estão a pediatria, a clínica médica, a neurologia e a oncologia clínica e cirúrgica, por exemplo. O documento também prevê o credenciamento de exames, como os de tomografia computadorizada, raio x, ultrassonografia e demais serviços diagnósticos.

De acordo com o edital, os atendimentos podem ser feitos tanto no Cismepar, que fica na região central de Londrina, como também na sede da empresa conveniada, em qualquer um dos municípios que fazem parte da associação.

Por Victor Assis

Comentários