QUARTA, 11/10/2017, 19:08

Com mais de 30 anos de uso, UTIs do Hospital Universitário passaram por uma grande reforma e foram reinauguradas nesta quarta-feira

O investimento total feito pelo Governo do Estado nas unidades foi dequase R$ 3 milhões. Superintendente do Hospital diz que verba para obras do Pronto Socorro deve começar a ser liberada ainda esse ano.

Foram quase nove meses em obras. Além da reforma, as duas Unidades de Tratamento Intensivo do Hospital Universitário, também foram ampliadas e ganharam mais espaço. Agora, as duas UTIs específicas para adultos, passaram a ter mais de 600 metros quadrados e capacidade para 20 leitos. A superintendente do HU, Elizabeth Ursi, diz que as duas Unidades já tinham mais de 30 anos de uso, e necessitavam, já a um bom tempo, de uma reforma completa como a de agora. Uma delas chegou a ser interditada há três anos.

A superintendente do HU, Elizabeth Ursi, diz que toda a infraestrutura instalada nas duas Unidades de Terapia Intensiva é de ponta. A reforma e ampliação das duas UTIs do Hospital Universitário começou em janeiro deste ano. De acordo com Elizabeth Ursi, o investimento total do Governo do Estado na obra foi de R$ 2,7 milhões e a troca dos equipamentos, que não estava incluída na reforma, foi feita pelo próprio hospital.

O principal problema da emergência do HU, já a alguns anos, é a superlotação. No fim de 2015, a Promotoria de Defesa da Saúde Pública divulgou um levantamento que apontava que, desde 2013, a emergência do hospital não ficou nem um mês sem superlotação. Em maio de 2013, o pronto–socorro do Hospital chegou a abrigar 84 pessoas. Segundo a superintendente do HU, a licitação para a obra da emergência está avançada e os primeiros recursos para o início da reforma devem sair ainda em 2017.

A reforma do Pronto Socorro do HU vai custar cerca de R$ 17 milhões.

Por Marcos Garrido

Comentários

Publicidade