SEGUNDA, 12/03/2018, 19:40

Decreto começa a valer e animais de grande porte usados para lazer estão proibidos na área urbana e serão apreendidos

Prefeitura está fazendo mutirões para cadastrar carroceiros, que terão até o fim do ano para abandonar a tração animal nas carroças ou buscar outra atividade.

O Decreto foi publicado no dia 10 de janeiro e deu um prazo de 60 dias, que terminou nesta segunda-feira, para que os donos de animais de grande porte usados para o lazer providenciem a transferência deles para a área rural.

A partir desta terça-feira, os animais de grande porte que forem localizados na área urbana serão apreendidos, passarão por avaliação veterinária e serão doados. Segundo a secretaria Municipal do Ambiente, Roberta Queiroz, os animais não poderão mais ser devolvidos aos donos.

No caso dos animais usados pelos carroceiros, o município criou uma Comissão, composta por várias secretarias municipais, entre elas a SEMA, para o cadastramento dos trabalhadores e dos animais. Os carroceiros que se cadastrarem vão ter até o fim do ano para se adequar à nova legislação e abandonar o uso da tração animal.

Segundo a secretaria do Ambiente, já foram realizados dois mutirões e cadastrados 74 cavalos e 42 carroceiros. Na próxima sexta-feira tem mais um mutirão na região sul da cidade. Roberta Queiroz afirma que os carroceiros têm a possibilidade de passar a usar carroças sem tração animal, puxadas, por exemplo, por bicicleta ou moto.

O serviço de recolhimento dos animais será feito por uma empresa terceirizada. Segundo a secretaria do Ambiente, além das denúncias, também vai haver rondas periódicas em áreas da cidade com histórico de muitas apreensões.

Denúncias de animais de grande porte soltos ou de maus tratos podem ser feitas na Gerência de Fiscalização da Sema, pelo telefone 3372-4770. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas. As denúncias também podem ser feitas na Guarda Municipal, pelo telefone 153.

Por Marcos Garrido

Comentários

Publicidade