QUINTA, 24/05/2018, 18:30

Donos de duas casas de repouso para idosos em situação irregular em Londrina são denunciados pelo Ministério Público

Os espaços clandestinos estão localizados em propriedade rural no Distrito da Warta e outro no bairro Alto da Boa Vista.

A 7ª Promotoria de Justiça de Londrina, especializada na defesa dos direitos do idoso, ajuizou ações penais contra os responsáveis por duas casas de repouso para idosos, uma localizada em propriedade rural no Distrito da Warta e outra no bairro Alto da Boa Vista, ambas clandestinas. Os réus foram denunciados por afronta a diversos dispositivos do Estatuto do Idoso e do Código Penal.

Uma fiscalização realizada pelo Ministério Público no primeiro estabelecimento, em março, encontrou no local sete idosos, todos com alguma necessidade especial, em condições precárias de higiene e salubridade. Alguns deles trabalhavam na propriedade rural, tanto com animais quanto com a terra, sem nada receberem pelos serviços prestados.

Os responsáveis pelo local mantinham consigo os cartões de benefícios dos idosos e retinham integralmente os valores a eles destinados.

Já o espaço clandestino no bairro Alto da Boa Vista, região norte da cidade, a denúncia resultou no cumprimento de medida cautelar de busca e apreensão que encontrou três idosos e outros dois adultos, todos também com alguma necessidade especial, sozinhos e trancados dentro da residência, igualmente em condições precárias de higiene. Assim como no outro estabelecimento, os responsáveis retinham documentos dos idosos, inclusive cartão de benefício com senha, apossando-se dos valores destinados aos abrigados. Uma das responsáveis foi presa e outro está foragido, com mandado de prisão preventiva em vigor.

As informações foram repassadas pelo Ministério Público à nossa reportagem, o promotor da 7ª promotoria de justiça não foi localizado para gravar entrevista.

Por Bruno Carraro

Comentários