TERCA, 10/05/2022, 14:00

Em pouco mais de um mês, Londrina aplicou cerca de 71 mil doses da vacina contra gripe

Número representa aproximadamente 33% do público-alvo da campanha. Maior parte dos imunizados, até agora, são idosos

Desde o início da Campanha de Vacinação contra a Influenza, Londrina atendeu 71.719 pessoas com o imunizante que protege contra as principais cepas da gripe em circulação. Os dados são do último sábado (7) e foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta segunda-feira (9)

A maior parte destas doses foi aplicada em idosos. Foram 51.536 unidades, o que representa cerca de 71% do total registrado até agora. Aproximadamente 10.700 profissionais da Saúde também tomaram a vacina e são o segundo grupo com maior cobertura vacinal, neste momento. Em seguida, vem as crianças, com 3.769 atendimentos.

Ainda de acordo com o balanço da prefeitura, pouco mais de 3.100 pessoas com comorbidades buscaram os pontos de imunização da cidade e receberam a dose. Além disso, cerca de 1.700 professores foram vacinados, assim como quase 400 gestantes e mais de 130 profissionais das forças de segurança.

A etapa atual da campanha contra a gripe contempla, em Londrina, aproximadamente 211 mil pessoas. Ou seja, até agora, em torno de 33% do público-alvo foi imunizado. Aqueles que fazem parte desta população e que ainda não tomaram a vacina podem buscar uma Unidade Básica de Saúde para ser atendido.

Na hora de receber a aplicação, é necessário apresentar um documento de identificação com foto. No caso de crianças, pode ser a certidão de nascimento. Se a pessoa tiver, também é recomendado levar a carteira de vacinação.

Essas orientações valem ainda para quem for receber a vacina contra o sarampo. A prefeitura também apresentou o balanço parcial de aplicações deste imunizante, que é tríplice viral e também garante proteção contra caxumba e rubéola.

De acordo com os dados, foram 3.898 doses, até o momento. Mais de 80% deste total foi utilizado para imunização de crianças. Profissionais de Saúde também podem ser atendidos com a vacina contra o sarampo. 

Não há necessidade de intervalo entre as doses, ou seja, as pessoas podem tomar os dois imunizantes no mesmo dia.

Por Victor Assis

Comentários