TERCA, 24/11/2020, 08:27

Entre as sete mulheres eleitas na câmara, Jessicão irá defender a bandeira de extrema direita.

Ela também admite que irá travar no campo ideológico oposição a futuro projetos apresentados pela vereadora eleita pelo PT, Lenir de Assis.  

Jessica Ramos Moreno, a Jessicão, é a mais nova entre as sete mulheres eleitas para a próxima legislatura. Aos 27 anos, com ensino médio completo, conquistou 2.523 votos pelo PP. Na política sua primeira experiência foi como assessora parlamentar na Câmara Municipal, do então vereador Filipe Barros. Ela também foi nomeada assessora parlamentar e assim que Barros assumiu como deputado federal.  

Jessicão ficou conhecida por liderar grupos de direita nas redes sociais. É presidente do Direita Paraná e líder do movimento Direita Londrina. Segundo ela, o envolvimento na política começou nos protestos de impeachment da ex-presidente Dilma e depois em apoio a Bolsonaro.  

Jessicao foi filiada ao PSL, mas saiu para buscar assinatura pelo Aliança Pelo Brasil partido que Bolsonaro pretende fundar. Agora ela está no PP, partido de Marcelo Belinati, mas disse que terá uma atuação mais independente.

Defensora de pautas de extrema direita, Jessica pretende retomar o projeto denominado contra a ideologia de gênero que foi aprovado na Câmara Municipal e derrubado no STF.

Por Guilherme Marconi

Comentários