SEGUNDA, 03/12/2018, 06:05

Governo do estado prorroga vacinação contra febre aftosa até o dia 10 de dezembro

A principal razão para extensão do prazo foi e o baixo estoque da vacina no Paraná.

A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) prorrogou a etapa de novembro da campanha de vacinação contra febre aftosa até dia 10 de dezembro. O principal motivo foi o reduzido estoque de vacinas nas revendas do estado, o que pode comprometer o índice de vacinação.

De acordo com o gerente de saúde animal da Adapar, Rafael Gonçalves Dias, a prorrogação se deu por conta da falta do medicamento no estado para a imunização dos animais.

O Ministério da Agricultura enviou mais de 8 milhões de doses para o Paraná, que somadas ao estoque existente no estado seriam insuficientes para a vacinação obrigatória nesta etapa, estimada em 9 milhões e 200 mil bois e búfalos. O prazo terminaria no último dia 30.

Essa etapa começou no dia 1º de novembro e obriga os proprietários a vacinar os animais de todas as idades. Segundo Dias, nas próximas campanhas em todo o Brasil será usada a mesma vacina bivalente, porém na dose de 2 ml.

Até o momento apenas 70% do público alvo da campanha recebeu o reforço da vacinação.

Os produtores que não vacinarem os animais vão ser notificados e podem ser multados, de acordo com a Adapar.

Na primeira etapa, em maio, a vacinação era obrigatória apenas para animais de até 24 meses de idade.

Por Bruno Carraro

Comentários