QUARTA, 13/12/2017, 19:54

Incubadora de UTI neonatal para transporte em helicópteros é doada para aeronave do Samu na região de Londrina

O equipamento custa R$ 36 mil é importado da Europa.

A aeronave do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu que atende toda a região norte do Paraná vai receber um novo equipamento de incubadora neonatal.

O helicóptero já possui a incubadora. Mas de acordo com o médico Maurício Lemos, coordenador de urgência e emergência do Samu, o novo equipamento vai proporcionar mais mobilidade da UTI móvel. O equipamento é utilizado no transporte de bebês de 500 gramas a 7 kg, principalmente recém-nascidos com problemas de cardiopatia.

Lemos ressalta que o aparelho é importado da Europa, sendo o mais moderno do mundo no gênero.

A doação do equipamento que custa mais de R$ 36 mil será feita pela concessionária de rodovias Viapar na sexta-feira, no Aeroporto Regional de Maringá Sílvio Name Junior.    

Este helicóptero do Samu atua em um raio de 250 quilômetros, a partir de Maringá, onde está sediada a base operacional.

A UTI móvel aérea, em um ano de operação, já realizou mais de 500 atendimentos, sendo 200 resgates e o restante transportes inter-hospitalares. Ao todo, 96 pacientes neonatais já utilizaram os serviços da aeronave.

Por Bruno Carraro

Comentários