SEGUNDA, 13/11/2017, 19:43

Julgamento de acidente na Avenida Saul Elkind em 2012 que resultou em quatro mortes pode ser anulado

A condenação ao motorista que causou o acidente foi superior a quatro anos de prisão em regime semiaberto, mas o Ministério Público acredita que a pena é incompatível com o crime cometido.

O Ministério Público pede um novo julgamento para a condenação de Rodrigo Aparecido Martins, acusado de ter provocado acidente em 2012 na Avenida Saul Elkind, região norte de Londrina.

No acidente quatro pessoas morreram. O motorista teria ficado com a visão ofuscada com o farol de um outro veículo. Ele estava, pelo menos, com o dobro da velocidade permitida na via, perdeu o controle e bateu o veículo contra uma árvore no carro haviam outras cinco pessoas, dessas quatro morreram.

De acordo com o promotor do Ministério Público, Thadeu Augimeri de Goes de Lima, o pedido de um novo julgamento foi feito já no ato da condenação. O julgamento ocorreu no mês passado.

De acordo com o promotor a pena é incompatível com o crime cometido e o MP quer que a pena mude de quatro anos para até 20 anos.

O resultado do pedido do Ministério Público para um novo julgamento deve sair em até 10 meses. Entre as quatro pessoas mortas no acidente havia ainda uma adolescente de 15 anos.

Nossa reportagem tentou contado com o advogado de defesa do acusado, mas não recebemos retorno até o fechamento dessa edição.

Por Bruno Carraro

Comentários

Publicidade