QUINTA, 14/01/2021, 08:30

Justiça eleitoral faz recontagem de votos e Roberto Fu voltará à Câmara de Londrina

Posse só deve ocorrer no retorno das sessões, em fevereiro

A 42a zona eleitoral de Londrina realizou a recontagem oficial de votos da última eleição municipal, que provocará mudança em uma das cadeiras da Câmara de Vereadores.

Zezinho Fisioterapeuta, do PDT, teve a candidatura indeferida por não prestar contas das eleições de 2018, quando foi  candidato a deputado. A defesa dele entrou com recurso alegando que a notificação não foi feita em braile, já que o candidato é deficiente visual, e teve ganho de causa.

Com isso, o PDT somou mais 1.080 votos, superando o MDB no quociente eleitoral e terá direito a uma cadeira na Câmara. Marinho, que fez 1.990 votos pelo MDB, dará lugar a Roberto Fu, mais votado do PDT com 1.844.

Este será o quinto mandato consecutivo do vereador, que tem como base eleitoral bairros da região sul.

Na última legislatura, Fu travou uma batalha com a Sanepar, apresentando projetos de lei na tentativa de acabar com a cobrança da tarifa mínima de água, que esbarraram na questão legal. Ele prometeu voltar com o tema neste ano.

Fu também comentou a renovação na Câmara de Londrina, que agora com seu retorno passa a ser de 63%, com sete vereadores reeleitos.
A homologação do novo resultado foi feita pelo juiz eleitoral Jamil Riechi Filho, que irá comunicar a Câmara de Vereadores sobre a mudança. Segundo o procurador jurídico do Legislativo, Miguel Aranega, somente na primeira sessão ordinária do ano, marcada para 1o de fevereiro, será dada posse ao vereador Roberto Fu, a não ser que haja uma decisão judicial para que o efeito seja imediato.

Por Marco Feltrin

Comentários