SEXTA, 03/07/2020, 19:44

Justiça nega ação do MPF que tentava obrigar imediato inicio da quarentena estabelecida pelo governador do Estado

A decisão foi divulgada no fim da tarde desta sexta-feira. 

A Justiça negou nesta sexta-feira a ação do Ministério Público Federal contra a prefeitura de Londrina.

De acordo com o juíz da 1a Vara Federal de Londrina, Oscar Tomazoni, o pedido do MPF não foi acatado por considerar que não há competência federal da análise para julgar medidas administrativas municipais.

A ação pedia a imediata obrigatoriedade da prefeitura de Londrina em cumprir o decreto do governo do estado em manter somente as atividades essenciais nos próximos 14 dias, desde o decreto publicado no dia primeiro de julho.

Por Bruno Carraro

Comentários