TERCA, 30/11/2021, 19:17

Londrina não registra mortes pelo coronavírus pelo sexto dia consecutivo

Ocupação da UTI exclusiva para positivados voltou a cair e chegou a menor patamar do ano.

Há seis dias sem registrar mortes por conta da Covid-19, a cidade de Londrina segue com os indicadores relacionados a pandemia em tendência de queda. Há cerca de um mês, a média móvel de casos, por exemplo, registrava 72 positivações. Agora, esta taxa chegou a 42,7, de acordo com o boletim divulgado pela prefeitura nesta terça-feira (30).

Ainda segundo o relatório, foram 36 novas confirmações na cidade. Número inferior ao registrado na segunda, quando 39 pessoas tiveram o diagnóstico positivo para a doença. Na atualização, a Secretaria Municipal de Saúde também divulgou que 88 casos suspeitos aguardam resultados dos exames laboratoriais.

Com os novos números, Londrina soma 2.314 óbitos pelo coronavírus e 88.481 positivações desde março do ano passado. O número de casos foi atualizado e também inclui 30 confirmações registradas no mês de setembro, mas que ficaram represadas por conta do atraso no envio dos dados por uma farmácia do município.

Acompanhando a trajetória de redução dos índices, o número de casos ativos voltou a cair pelo quinto dia seguido. Na última quinta-feira, eram 131 pessoas com potencial de transmissão da doença. No dia seguinte, este volume passou para 114.

Já durante o fim de semana, o número mais uma vez recuou, com 97 registros no domingo e na segunda, uma nova queda, chegando 83 casos. No novo informe da prefeitura, a cidade chegou a 78 londrinenses com o vírus ativo.

Do total registrado nesta terça, 60 pessoas são acompanhadas pelas equipes de Saúde em isolamento domiciliar e 18 pacientes estão internados. Destes, 14 estão em leitos de Terapia Intensiva e quatro estão no setor de enfermaria.

As ocupações da rede hospitalar também seguem em redução. De acordo com o boletim, a taxa da UTI exclusiva para pessoas com o coronavírus apresentou uma nova queda, chegando a 25% dos leitos em operação. É o menor patamar registrado em 2021.

A ala de enfermaria destinada ao tratamento da doença também registrou novo recuo. No informe anterior, 30% das vagas estavam preenchidas. Agora, este índice passou para 26%. Já o setor geral adulto de Terapia Intensiva, das redes pública e privada, teve um aumento na taxa de lotação, de 59%, na segunda, para 63%, nesta terça-feira.

De acordo com a atualização da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), 428 novas positivações foram registradas no Paraná e 13 óbitos por conta da doença foram confirmados. Trata-se de sete mulheres e seis homens, com idades entre 38 e 93 anos. Desde o início da pandemia, o estado totaliza 1.572.715 casos e 40.576 vidas perdidas em decorrência do coronavírus.

Por Victor Assis

Comentários