QUINTA, 05/08/2021, 19:22

Mais da metade da população de Rolândia já recebeu pelo menos primeira dose anti-covid

Secretária de Saúde diz que faixa etária pode ser ampliada na próxima semana, conforme disponibilidade de vacinas.

De acordo com os dados divulgados pela prefeitura de Rolândia, nesta semana, o município atingiu a marca de mais de 50% da população vacinada com, pelo menos, a primeira aplicação do imunizante contra o coronavírus. Este percentual representa mais de 34 mil rolandenses protegidos.

A secretária de Saúde do município Paloma Pissinati afirmou que o resultado é positivo e considera que o avanço da imunização na cidade traz reflexos importantes nos indicadores relacionados à pandemia, com a queda no número de confirmações da doença. Em especial, ela destaca que há mais de dez dias o município não registra novas mortes causadas pela Covid-19.

Outra consequência causada pela ampliação da cobertura vacinal em Rolândia foi a retomada de alguns serviços de Saúde no município que, até então, estavam suspensos ou com os atendimentos restringidos para evitar a contaminação pelo vírus. Este retorno das atividades vem sendo acompanhado desde o início do ano, quando os atendimentos odontológicos, por exemplo, voltaram a ser realizados.

Além das ações municipais, na esfera estadual, a secretária afirmou que existe a sinalização de um possível retorno das cirurgias eletivas, mas que a discussão é ampla e a medida deve ser estabelecida a partir de novas definições da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Atualmente, a campanha de vacinação em Rolândia está atendendo a população com mais de 31 anos. No entanto, a ampliação da faixa etária na cidade depende do volume de doses disponíveis, como explica a secretária. A expectativa é que mais um grupo seja liberado na próxima semana, com a chegada de um novo lote de vacinas.

Nesta sexta-feira, a Secretaria Municipal de Rolândia vai realizar uma ação de repescagem para a população de 31 a 33 anos, no Centro de Vacinação da Rua Tupi. O atendimento tem início às 8h30 e segue até às 16h30. Não é necessário fazer agendamento, apenas apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência e carteira de vacinação.

A secretária Paloma Pissinati orienta a população a acompanhar a programação da campanha de imunização contra a Covid-19 e reforça a necessidade do comparecimento dos grupos já atendidos com a primeira aplicação para que recebam a segunda dose e completem o ciclo de proteção.

Por Victor Assis

Comentários