QUINTA, 22/08/2019, 14:46

Ministério da Saúde inicia a dose zero contra o sarampo em todo o País

Agora os bebês devem tomar a primeira dose antes de completar um ano de vida.

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou nesta quinta-feira a adesão da campanha nacional contra o sarampo.

Apesar de o município não ter nenhum caso em Londrina, a doença está avançando em todo o País e diversos estados têm casos confirmados, inclusive o Paraná.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Felippe Machado, agora os bebês devem ser vacinados antes de completar um ano de vida, é a dose zero, depois de um mês terá mais uma dose e com um ano e três meses outra dose da vacina contra o sarampo.

Antes a criança tomava com um ano de vida e depois com um ano e cinco meses.

Segundo a diretora de vigilância em saúde, Sonia Fernandes, a doença pode levar a morte.

É de extrema importância a imunização inclusive em adultos.

Sonia ressalta que estudos laboratoriais já comprovaram que não há risco alguma de imunizar os bebês antes de um ano de vida contra o sarampo.

O país não havia registrado casos desde 2000, até que entre 2013 e 2015, ocorreram dois surtos da doença a partir de casos importados, nos estados do Ceará e Pernambuco.

Em 2016, o Brasil recebeu o Certificado de Eliminação do Sarampo, emitido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), mas perdeu o certificado em fevereiro deste ano.

Por Bruno Carraro

Comentários

Publicidade