QUARTA, 10/07/2019, 14:39

Por conta da greve dos servidores, UEL avalia alternativa para atender interessados em isenção do Vestibular 2020

Atualmente, alunos podem requerer benefício pela internet. Atendimento presencial começa na próxima semana, mesmo com a paralisação afetando a rotina da Coordenadoria de Processos Seletivos da instituição.

O candidato interessado em não pagar a taxa de inscrição do Vestibular 2020 da Universidade Estadual de Londrina já pode requerer a isenção pela internet. A coordenadora de Processos Seletivos da UEL, Sandra Garcia, explica que, neste primeiro momento, estão sendo atendidos alunos que possuem cadastro junto aos programas assistenciais do Governo Federal. Ela explica que o interessado deve utilizar o NIS, Número de Identificação Social, para comprovar que, realmente, precisa do benefício. Todas as informações de como proceder podem ser encontradas no www.cops.uel.br.

O período para a solicitação da isenção, para candidatos cadastros nos programas assistenciais, começou na segunda-feira e vai até o próximo dia 19. A coordenadora da Cops lembra, entretanto, que alunos de baixa renda sem cadastro vão poder requerer o benefício de forma presencial, na sede do Sebec, o Serviço de Bem-Estar à Comunidade, no campus da UEL, a partir da próxima segunda-feira, dia 15 de julho. Sandra destaca que, por conta da greve dos servidores, a Cops está analisando uma alternativa para atender os candidatos. Ela ainda não soube informar o que será feito, mas garantiu que nenhum aluno vai ser prejudicado.

No Vestibular 2019, cerca de 1.500 candidatos conseguiram o benefício e não precisaram pagar pela taxa de inscrição. Sandra Garcia ressalta a importância da isenção para reafirmar a imagem da UEL de uma universidade para todos os públicos.

As inscrições para o Vestibular 2020 da Universidade Estadual de Londrina começam no início do mês que vem. Todas as informações do processo seletivo podem ser conferidas no www.cops.uel.br, na aba vestibular.

Por Guilherme Batista

Comentários

Publicidade