SEGUNDA, 05/03/2018, 19:18

Prefeitura de Londrina abre processo licitatório para contratação de empresa que vai realizar o recape asfáltico

São R$ 20 milhões em um convênio com o governo do estado para 70 quilômetros de vias.

Em Londrina são 2,2 mil quilômetros de vias pavimentadas, segundo levantamento da prefeitura 60% dessas vias precisam de recuperação.

Um acordo entre o município e o governo do estado prevê a pavimentação de alguns trechos concluídos até o final do segundo semestre desse ano.

De acordo com o Secretário de Obras, João Verçosa, o convênio de R$ 20 milhões já está com o processo de licitação para contratação da empresa que vai executar os serviços, em andamento. A previsão é que os trabalhos iniciem em junho.

Esse recape é diferente do microasfalto. O pavimento do microasfalto deve ter uma durabilidade de 4 anos. O recape tem mais de 10 anos de durabilidade segundo a prefeitura. As vias com maior fluxo de veículos não comportam o microasfalto e assim será utilizado o recape, uma camada mais grossa de material.

São mais de 70 quilômetros de recape que a empresa vencedora deve realizar durante esse ano. A promessa é recuperar toda a malha asfáltica da cidade até o fim dessa gestão, para isso será necessário mais recursos e convênios.  

O governo do estado vai bancar os R$ 20 milhões sem contrapartida da cidade. Todo o trabalho será feito pela Usina de Asfalto de Londrina, que já realiza a massa asfáltica para tapa buracos e o microasfalto.

O programa de micropavimentação já está em andamento desde o final do ano passado. Um outro convênio entre a prefeitura e o Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Paraná – Cindepar, pretende, no total, recapear 330 quadras mais de 33 quilômetros de asfalto.

Por Bruno Carraro

Comentários