SEGUNDA, 04/11/2019, 06:40

Prefeitura de Londrina faz parceria com o Tribunal de Justiça para renegociar dívidas

Nesse primeiro lote 510 contribuintes já receberam notificações e poderão quitar os débitos com prazos estendidos. A expectativa é arrecadar R$ 1,7 milhão.

A Secretaria Municipal de Fazenda, a Procuradoria-Geral do Município e o Tribunal de Justiça do Paraná - TJPR iniciam nessa semana o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania - CEJUSC Fazendário.

A intenção é fazer vários mutirões para que contribuintes com débitos com o município renegociem as dívidas com prazos estendidos.

De acordo com o Secretário de Fazenda, João Carlos Babosa Perez, é a primeira vez que o município realiza a ação que segue até sexta-feira. São dívidas que estavam prestes a irem para  execução fiscal. Com o pagamento da primeira parcela até o último dia útil de novembro. Além disso, os devedores poderão parcelar em até 120 meses.

A expectativa é arrecadar R$ 1,7 milhão com os 510 contribuintes desse primeiro lote do mutirão. Os contribuintes já foram notificados por carta sobre a possibilidade de renegociação, somente os que receberam a carta podem participar do programa dessa vez.

A Secretaria de Fazenda disponibilizou 17 servidores municipais e o Tribunal de Justiça do Paraná outros 17 conciliadores.

São dívidas de IPTU, ISS e outras entre os anos de 2017 e 2019.

O atendimento é feito entre 9h e 11h da manhã, na sede do Fórum de Londrina, que fica no Centro Cívico.

Por Bruno Carraro

Comentários