TERCA, 19/10/2021, 18:25

Prefeitura faz balanço das fiscalizações na Paranaguá

Moradores aprovam trabalho feito até agora e pedem que Município mantenha vigilância reforçada para evitar a volta dos mesmos problemas.

No encontro, que definiu os próximos passos das fiscalizações na Rua Paranaguá, ficou acertado que, de domingo a quinta-feira, a força-tarefa vai focar o trabalho nos estabelecimentos que foram interditados ou já sofreram algum tipo de intervenção, para garantir que as medidas determinadas sejam cumpridas.

As fiscalizações na Paranaguá começaram no último dia 8 e, além da Guarda Municipal têm a participação da CMTU, Diretoria de Vigilância em Saúde e das secretarias municipais do Ambiente e da Fazenda.

Segundo a GM, apenas entre os dias 8 e 17 de outubro foram lavrados 155 autos de infração de trânsito e 30 veículos foram apreendidos. As equipes da Guarda Municipal também lavraram 14 termos de constatação para pessoas flagradas sem a máscara. Além disso, os GMs prenderam quatro pessoas em flagrante, por posse de armas de fogo, de munições e de maconha; e um outro homem foi encaminhado à delegacia por desacato e posse de entorpecentes.

Já a CMTU, abordou entre a última quinta-feira e o sábado, mais de 200 veículos, sendo que 16 deles foram removidos para o pátio e 44 autos de infração foram lavrados. No caso da Secretaria Municipal de Fazenda, foram fiscalizados 36 estabelecimentos na Paranaguá e outras ruas próximas também entre a quinta passada e o sábado. Com nove interdições, dois autos de infração e 12 de notificação. Entre as infrações, irregularidades nos alvarás e o não-cumprimento de medidas sanitárias da Covid-19.

Os moradores dizem que a situação melhorou e que uma série de problemas desapareceram com as operações na Paranaguá. A autônoma Carolina Nascimento, que é moradora da rua, elogia o trabalhado da força-tarefa, diz que as noites ficaram bem mais tranquilas, mas questiona se essa paz toda vai continuar.

A assistente social, Iracilda Toffoli, também elogiou o trabalho da fiscalização e espera que a paz seja mantida e o zoneamento da região passe a ser respeitado daqui pra frente.

O bancário aposentado Osvaldo Júnior, é outro que aprovou o trabalho feito na Paranaguá e também se mostrou preocupado com o fim das fiscalizações na região.

A Prefeitura informou que vai encaminhar ao Ministério Público um relatório detalhando quem recebeu sanções administrativas e é reincidente, para que o órgão tome providências. No total, nove estabelecimentos vistoriados apresentaram algum tipo de irregularidade e foram notificados ou autuados.

O secretário Municipal de Planejamento, Marcelo Canhada, coordenador das ações na Rua Paranaguá, afirma que tem recebido elogios dos moradores da região e garante que a operação vai continuar por mais uma semana até uma nova avaliação dos resultados e dos próximos passos a serem tomados pela Prefeitura.

O secretário afirma ainda que a Prefeitura tem recebido denúncias do mesmo tipo de problema em outros bairros e planeja realizar o mesmo tipo de operações também nesses locais.

Por Marcos Garrido

Comentários