QUARTA, 17/04/2019, 19:34

Presidente do Tribunal de Justiça vem a Londrina e assina ordem de serviço para início das obras do novo Fórum Criminal

Quando novo prédio estiver concluído, daqui a dois anos, complexo da Justiça em Londrina será o maior do Paraná, com 43 mil metros quadrados.

A autorização para início da obra do Fórum Criminal de Londrina foi assinada, nesta quarta-feira, pelo presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Xisto Pereira, durante uma rápida solenidade em frente ao antigo fórum.

O novo prédio vai ser construído no mesmo local do atual edifício, que vai ser demolido.  A previsão é de que a obra seja iniciada no mês de maio. O novo Fórum Criminal terá 26 mil metros quadrados de área construída, sete andares, três subsolos para estacionamento e capacidade para sediar 18 varas.

O presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Adalberto Xisto Pereira, diz que a obra faz parte de um projeto de ampliações e melhorias nos fóruns de todo o Estado e destaca o tamanho do complexo da Justiça daqui de Londrina, que quando tiver o novo prédio finalizado, daqui a dois anos, será o maior do Paraná com 43 mil metros quadrados.

A construção da nova sede do Fórum Criminal é uma reivindicação antiga de juízes, servidores, advogados e do público que freqüenta o fórum, construído há mais de 30 anos e que nunca passou por uma ampla reforma.

O diretor do Fórum, juiz Luiz Valério dos Santos, diz que a entrada principal do novo prédio vai ser pela lateral da praça. Segundo o diretor, uma das vantagens do projeto é que os presos vão entrar pelo subsolo, sem ter nenhum tipo de contato com o público que freqüenta o Fórum Criminal.

A empresa JWA Construção e Comércio, de São Paulo, ganhou a licitação para a construção do prédio, que vai ter ainda uma área reservada para uma futura expansão.

Por Marcos Garrido

Comentários

Publicidade