SEGUNDA, 11/01/2021, 06:50

Procon dá dicas para quem quer economizar na compra do material escolar

Pesquisar preços e antecipar as compras estão entre as orientações que pais devem seguir para encontrar melhor valor.

O início do ano abre o período de compras de material escolar e, com isso, muitos pais saem em busca do melhor preço para os itens, o que nem sempre é uma tarefa fácil. Gustavo Richa, diretor-executivo do Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina (PROCON-LD), afirma que as principais medidas para economizar na hora da compra estão relacionadas à organização.

Ele explica que pesquisar preços em diferentes lojas da cidade é fundamental para poupar, já que a diferença no valor dos produtos pode variar entre os estabelecimentos. Além disso, as compras devem ser antecipadas para evitar o aumento nos preços e aglomerações.

O Núcleo ainda recomenda que, se possível, a compra seja feita sem a companhia das crianças, que tendem a preferir produtos mais caros e também destaca a compra em atacado como um recurso a mais para quem quer economizar. Grupos de pais e responsáveis podem ser unir para negociar valores mais atrativos.

Richa alerta que é preciso estar atento à lista encaminhada pelas escolas. De acordo com o diretor, apenas os materiais individuais do aluno podem ser repassados para aquisição. Itens de uso coletivo como produtos de higiene e de uso administrativo não devem fazer parte dos materiais solicitados pelas instituições.

Com o crescimento do comércio digital, puxado pela pandemia da Covid-19, Richa explica que lojas do segmento estão oferecendo a venda online, mas é importante que o consumidor verifique se o site é confiável.

Para quem prefere comprar presencialmente, ele explica que o Núcleo fiscaliza estabelecimentos, mas que conta com a ajuda da população com denúncias que podem ser tanto relacionadas a preços abusivos, como também referente à lista encaminhada pelas escolas.

A população pode entrar em contato com o Núcleo por meio dos canais de comunicação do órgão, como o email procon@londrina.pr.gov.br, pelo WhatsApp (43) 999143277, ou ainda pelo telefone (43) 3372-4823.

Por Victor Assis

Comentários