QUARTA, 11/07/2018, 14:31

Procon fecha agência bancária no Calçadão por três dias

Banco foi interditado por várias denúncias de desrespeito à lei municipal que limita o tempo de espera na fila.

A agência do Bradesco no Calçadão foi fechada logo no início da manhã. Os fiscais do Procon chegaram antes mesmo da abertura do banco e seguiram direto para a gerência. Quinze minutos depois foram colocados avisos nas portas da agência informando os clientes sobre o fechamento da unidade por três dias.

Segundo o coordenador do Procon de Londrina, Gustavo Richa, a denúncia que motivou o fechamento da agência foi feita no ano passado. O motivo foi o descumprimento da lei municipal que estabelece o tempo máximo de 15 minutos de espera na fila nos dias normais e de 30 minutos nos dias de pagamento dos servidores ou na véspera de feriados. De acordo com Richa, a agência é reincidente nesse tipo de reclamação.

Richa explica que o banco foi multado em R$ 3 mil pela irregularidade e o valor já foi pago.

A sala de auto-atendimento continua funcionando, mas a agência só pode ser reaberta na segunda-feira. Segundo o coordenador do Procon de Londrina, caso haja uma nova reclamação sobre o mesmo problema o banco ser fechado novamente, dessa vez por mais dias.

De acordo com o coordenador do Procon, as denúncias de desrespeito ao tempo de espera na fila são cada vez mais comuns. E é fácil constatar isso nas ruas. O advogado José Carlos Vladeck diz que já passou pelo problema mais de uma vez e defende o trabalho do Procon.

A vendedora Simone Silva conta que o problema é recorrente e acontece em todos os bancos, inclusive entre os clientes que têm direito a atendimento prioritário.

O assistente financeiro Joaquim Bráz, de 72 anos, conta que já ficou até uma hora e meia esperando por atendimento.

Qualquer denúncia sobre esse e outros problemas podem ser feitas ao Procon pelo telefone 151, pelo e-mail  procon@londrina.pr.gov.br, ou pessoalmente. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, com retirada de senhas até as 14 horas. A sede do órgão fica na Rua Mato Grosso, 299.

Em nota o Banco Bradesco esclarece que concentra esforços no sentido de atender  a todos os públicos dentro dos prazos legais, com qualidade e segurança. No caso de Londrina, o banco está apurando o ocorrido e fará os ajustes necessários a fim de garantir um melhor atendimento aos seus clientes.

Por Marcos Garrido

Comentários

Publicidade