TERCA, 14/05/2019, 14:35

Professores e servidores paralisam as atividades nesta quarta-feira

É a greve Geral da Educação, que acontece em todo o país. Em Londrina, a movimentação vai ser no calçadão.

As escolas e universidades públicas de Londrina prometem parar nesta quarta-feira para participar da Greve Geral da Educação. Os atos acontecem em todo o país para protestar contra o Governo Federal, que tem promovido vários cortes financeiros na educação brasileira. Em Londrina, as manifestações serão no calçadão, a partir das 9h. O presidente da APP Sindicato, Márcio André Ribeiro afirma que a intenção é mostrar indignação e valorizar a educaçãodesde a básica até o ensino superior.

O movimento está sendo organizado pelos sindicatos da área de educação: APP, Sindiprol, Sindserv, Sindedutec – Londrina: Instituto Federal do Paraná, DCE e Assuel, com apoio do Coletivo de Sindicatos de Londrina.

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) vão fazer exposições de trabalhos e serviços nesta quarta-feira. Só a UEL conta com mais de 300 projetos acadêmicos e uma parcela deles será exposta em frente ao Teatro Ouro Verde das 10h às 16h.

Segundo a assessoria de imprensa da UEL, as atividades estão mantidas. O Restaurante Universitário (RU) funcionará normalmente.

O Núcleo Regional de Educação afirma que terá aula normal em todos os colégios estaduais nesta quarta-feira. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, os professores que faltarem terão que justificar a ausência. 

A UTFPR está em semana de recesso acadêmico. Então, os alunos estão sem aulas.

A Secretaria Municipal da Educação pediu aos diretores que fechem apenas as escolas em que a maioria dos professores decidir pela greve. E que tentem comunicar a decisão final aos pais, por meio de mensagens.

Por Claudia Lima

Comentários

Publicidade