SEGUNDA, 12/03/2018, 19:38

Quase um mês após o início das aulas, tem turma da rede estadual sem professor

Segundo o Núcleo Regional de Educação, problema é pontual, ocorre somente nas disciplinas de matemática e português e apenas em algumas escolas.

Na Escola Estadual Valdir Umberto de Azevedo, em Cambé, desde o início das aulas no dia 19 de fevereiro, não tem professor de português para os alunos do sexto ano. A filha do mecânico Mizael Silva, tem 11 anos e estuda na Escola há alguns anos.

Ele diz que o problema é antigo e que desde que o colégio era do município, já havia constantes trocas e falta de professores. O pai conta que os próprios alunos estão se mobilizando para tentar resolver o problema.

O pai conta que foi até o Núcleo Regional de Educação nesta segunda-feira e registrou uma reclamação na Ouvidoria do órgão. Ele afirma que se desdobra para acompanhar a vida escolar da filha, que é esforçada nos estudos e também representa a escola em competições de judô.

Lúcia Cortez diz que o problema é pontual e ocorre apenas em turmas de português e matemática. A chefe do Núcleo Regional de Educação afirma que a principal dificuldade é na hora de distribuir as aulas.

Lúcia Cortez diz que o Núcleo está trabalhando para repor os professores e que o problema deve ser resolvido nos próximos dias.

Por Marcos Garrido

Comentários

Publicidade