QUARTA, 14/11/2018, 19:29

Sema ainda espera aprovação da Procuradoria do Município para publicar edital que vai contratar empresa de erradicação de árvores em Londrina

A expectativa era que os trabalhos iniciassem ainda esse ano, agora a previsão é nos primeiros meses de 2019.

A Secretaria Municipal do Ambiente ainda está à espera da liberação da licitação por parte da Prefeitura de Londrina para publicar o edital que vai promover parceria com empresas para erradicação de árvores pela cidade.

De acordo com o Secretário do Ambiente, Gilmar Domingues, ainda é preciso a liberação pela Procuradoria Geral do Município para a publicação do edital. Não tem  data certa para que isso ocorra, mas agora a intenção do município é que os trabalhos comecem logo no início do ano que vem.

O Termo de Referência para licitação da empresa que vai executar o projeto de erradicação de 3 mil árvores era esperado ainda no primeiro semestre desse ano. A expectativa era fechar 2018 com 1,5 mil árvores e o restante para o ano que vem, mas a erradicação mesmo vai ficar para 2019.

É necessário o Termo de Referência pela falta de servidores na Sema, com uma equipe pequena as podas passariam a ser feitas exclusivamente pelas duas equipes da Prefeitura e a erradicação pelas empresas ou empresa. 

Em média o custo de corte por árvore gira em torno de R$ 600. A Sema tem R$ 1 milhão separados no orçamento apenas para essa licitação.

Um levantamento feito pela Sema aponta que são feitos mais de 1,2 mil pedidos por ano, 800 vão para a fila da erradicação, outros 200 para poda e o restante é negado por falta de necessidade.

Por Bruno Carraro

Comentários