SEXTA, 30/10/2020, 16:35

Sesa recomenda retorno gradual das cirurgias eletivas em todo o estado

Hospitais que têm contrato com a Saúde devem ajustar agendas para reduzir risco de escassez de anestésicos e relaxantes musculares, fundamentais para o tratamento de pacientes graves da Covid-19

A Secretaria da Saúde do Paraná publicou uma nova recomendação sobre a realização de cirurgias eletivas no estado. A Resolução orienta que os prestadores de serviço contratados pela Sesa retomem gradualmente os procedimentos para minimizar os riscos de escassez de anestésicos e relaxantes musculares, fundamentais para os casos de emergência e que necessitam de terapia intensiva.

A recomendação, de acordo com a Secretaria, deve diminuir a fila de espera de diversos tipos de procedimentos eletivos, que aumentou e muito durante a pandemia

O assessor do gabinete da Secretaria Estadual de Saúde, César Neves, destaca a necessidade dos hospitais respeitarem as medidas sanitárias e ressalta que as unidades privadas que não prestam serviços para a Sesa, e não fazem parte do plano de atendimento da Covid-19, também estão autorizadas a fazerem todo tipo de procedimento cirúrgico eletivo com a nova Resolução.

A Resolução da Sesa não atinge os procedimentos de cardiologia, oncologia, nefrologia, exames e procedimentos de urgência ou emergência e outros de âmbito ambulatorial, que já estavam liberados.

A suspensão das cirurgias eletivas no Paraná foi determinada em março para tentar contingenciar os estoques dos medicamentos anestésicos e relaxantes musculares usados no tratamento dos pacientes graves da Covid-19 e para controlar a ocupação dos leitos de UTI.

Por Marcos Garrido

Comentários