TERCA, 17/03/2020, 18:36

Sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo de Londrina quer álcool em gel e máscaras para os funcionários.

A solicitação foi feita à prefeitura e CMTU

O repórter Bruno Carraro conversou com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina, João Batista, e tem mais detalhes.

Nota retorno: Até o fechamento dessa edição a prefeitura de Londrina, por meio da assessoria de imprensa, não havia respondido à nossa reportagem.

A assessoria de imprensa da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização – CMTU afirmou que essa demanda é de responsabilidade das empresas.

A assessoria de imprensa das empresas de ônibus afirmou que serão disponibilizados para todos os funcionários os materiais necessários para higienização e uso pessoal de cada um dos trabalhadores.

Por Bruno Carraro

Comentários