SEGUNDA, 08/07/2019, 06:40

Sociedade Rural do Paraná lança campanha contra a antecipação do fim da vacinação da febre aftosa

Para Antonio Sampaio, o tema não foi amplamente discutido na região norte do estado e ficou concentrado na capital paranaense.

A Sociedade Rural do Paraná – SRP iniciou uma campanha denominada “Aftosa. Consciência e Responsabilidade”.

A Campanha questiona a antecipação do fim da vacinação contra a febre aftosa no Estado para este ano.

O Paraná está inserido no Bloco V do Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (PNEFA), junto com os Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (que já tem o status de livre de aftosa sem vacinação).

A previsão é que a vacinação seja suspensa neste bloco em 2021. 

No entanto, o governo do Estado levou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento a solicitação de antecipar o fim da vacinação no Paraná, de forma isolada, ou seja, sem os outros estados do bloco.

Esse isolamento preocupa a SRP, pesquisadores e mais cerca de 40 entidades. 

De acordo com o presidente da SRP, Antonio Sampaio, o tema não foi amplamente discutido na região norte do estado e ficou concentrado na capital paranaense.

Vídeos da campanha estão disponíveis em um canal no youtube e na página www.srp.com.br.

Por Bruno Carraro

Comentários