SEGUNDA, 29/06/2020, 15:40

Vacinação contra a gripe vai até esta terça-feira em Londrina

Para se imunizar, o paciente tem que agendar atendimento no posto de saúde. Mas, nem todos tem vacina. A Prefeitura já imunizou mais de 148 mil pessoas e ainda não atingiu a meta em todos os grupos.

A campanha de vacinação contra a gripe termina nesta terça-feira. Este é o último dia que as pessoas, que fazem parte dos grupos prioritários, têm para se imunizar. Para as 14 mil vagas no sábado, a secretaria de saúde vacinou menos de dois mil pacientes que agendaram o atendimento em três postos. A aplicação agora fica restrita as UBSs, como explica a coordenadora de imunização, Sônia Fernandes.

Apesar dessa orientação, nem todos os postos de saúde têm a vacina. Nossa reportagem fez um levantamento e constatou que o paciente agora tem que encontrar a UBS que ainda está aplicando a imunização. A maior preocupação é com as crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes e mães no pós-parto. Muita gente desse grupo ainda não se imunizou, ao contrário dos idosos, por exemplo. Mais de 100% das pessoas com mais de 60 anos previstas no cadastro municipal tomaram a vacina.  

Mais de 148 mil doses já foram aplicadas na cidade. Também podem se imunizar, professores e pessoas de 55 a 59 anos de idade e também quem tem algum tipo de deficiência. Caminhoneiros, agentes de segurança e trabalhadores da saúde já foram imunizados em ações específicas. Mas, se ainda tiver alguém que não tomou a vacina, a orientação também é o agendamento. A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a COVID-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Pessoas fora do grupo prioritário podem adquirir a vacina da gripe na rede privada

Por Claudia Lima

Comentários