SEXTA, 03/07/2020, 09:00

Vereadores questionam decreto estadual que determinou fechamento do comércio

Diretoria 17° regional de saúde será convocada para explicar os critérios usados na decisão

O decreto do governo do Paraná que determinou o fechamento de atividades produtivas consideradas não essenciais,
como o comércio, repercutiu na Câmara de Vereadores de Londrina.

O líder do prefeito no Legislativo, Jairo Tamura, questionou todo o investimento feito pela prefeitura para ampliação no
número de leitos e contratação de pessoal, que teria sido em vão depois do entendimento da Secretaria Estadual de
Saúde.

Rony Alves estranhou o fato da região de Maringá, mesmo tendo casos e ocupação de leitos equiparados a Londrina,
escapar do decreto estadual. Por isso, convocou a diretoria da 17 a Regional de Saúde para explicar os critérios aos
vereadores.

Péricles Deliberador criticou a atitude da Polícia Militar, que no dia seguinte ao decreto passou pela região central
orientando os comerciantes para que baixassem as portas.

Por Marco Feltrin

Comentários