QUINTA, 16/04/2020, 19:41

Empresários do setor de revenda de veículos esperam retorno das atividades comerciais na próxima semana para não terem que reduzir drasticamente o quadro de profissionais

Apenas duas concessionárias da cidade juntas empregam diretamente mais de 360 trabalhadores.

O setor de revenda de veículos está completamente parado há quase um mês em Londrina com o decreto municipal de isolamento social.

Empresários estão ansiosos para o retorno das atividades já na próxima segunda-feira.

Apenas em duas concessionárias de Londrina, mais de 360 profissionais estão ligados de forma direta e estão sem receber na integralidade os salários por muitos deles serem comissionados.

De acordo com o presidente da Norpave, Bley Junior, a redução do quadro de funcionários será necessária. Mesmo com a possibilidade de retorno das atividades já na próxima segunda-feira.

Já Eduardo Meneghetti, diretor executivo da Marajó, a empresa que atua desde 1973 nunca passou por uma situação tão recessiva como desde período. Negociações com fornecedores estão sendo feitas para reduzir os impactos.

Por Bruno Carraro

Comentários