QUARTA, 06/11/2019, 18:38

Falta de delegado no Gaeco aponta que o acúmulo funções nas de delegacias está cada vez mais comum no estado

Vice-presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná afirma que nos últimos 8 anos o estado nunca tinha ficado com um número tão pequeno de profissionais.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco de Londrina está sem delegado titular. O atual divide o comando da delegacia com outra atualmente.

No total o estado tem 373 delegados e esse número é o menor dos últimos 8 anos, segundo o vice-presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná.

De acordo com Manuel Pelisson, o número de profissionais na Polícia Civil está cada vez menor e não só faltam delegados como faltam investigadores e escrivães. Para ele a polícia está definhando.

A previsão é que somente após o concurso anunciado pelo governo do estado que Londrina ganhe o delegado do Gaeco.

Dos oito núcleos regionais do Gaeco no Paraná, quatro enfrentam problemas com a falta de delegados. Além de Londrina estão: Cascavel, Guarapuava e Foz do Iguaçu.

Por Bruno Carraro

Comentários