SEGUNDA, 10/12/2018, 06:00

Natal promete injetar R$ 119 milhões na economia de Londrina

Pesquisa da ACIL revela que londrinenses preferem fazer compras à noite e estão dispostos a pagar em média de R$ 116 por presente.

Segundo pesquisa encomendada pela Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), os presentes de Natal devem injetar R$ 119 milhões na economia londrinense. De acordo com os dados coletados, 56,5% das pessoas entrevistadas confirmaram que vão presentear parentes e amigos nesta data e que vão gastar cerca de R$ 490 ao todo. Já o valor médio por presente ficou em R$ 116.

Ainda de acordo com a pesquisa, 79,5% disseram que vão investir em alimentos e bebidas de final de ano. O vice-presidente da ACIL, Fernando Moraes destaca que a data mais esperada pelos lojistas movimenta todos os setores do comércio. Na lista de presentes preferidos estão: roupas (61,5%), brinquedos (35,6%), perfumaria (18,4%), calçados (14,4%) eletrônicos (8,69%). Livros, acessórios, chocolates e outros vêm em segui da.

64,9% dos entrevistados pela pesquisa afirmaram que vão comprar os presentes à vista com dinheiro ou cheque. Já 15,5% das pessoas, preferem parcelar no cartão de crédito, outros 14,4% vão pagar no cartão, mas à vista. 8,6% preferem o cartão de débito. A pesquisa também mostra que os consumidores gostam mais de comprar nas lojas do centro da cidade, mais de 50% das pessoas consultadas. 44,3% responderam que preferem os shoppings. 5,7% vão comprar os presentes pela internet, 2,9% nas lojas de bairros e o restante vai optar por galerias e centros comerciais.

As lojas do comércio de Londrina, no centro, estão ficando abertas até às 22h desde o dia 5. Esse horário estendido vai até o dia 21. A pesquisa revela que 48,9% dos londrinenses consultados vão comprar os presentes de Natal à noite. 35,31% vão fazer compras à tarde, 21,8% pela manhã e 5,7% aproveitam o horário do almoço.

Por Claudia Lima

Comentários

Publicidade