QUARTA, 28/08/2019, 11:06

Projeto de bueiros inteligentes tem lei parecida que vigora desde 2007

Vereador cobra prefeitura para saber se medida vem sendo fiscalizada 

A Comissão de Justiça da Câmara analisou o projeto de autoria do vereador Felipe Prochet que sugere a implantação de bueiros inteligentes no município de Londrina. A ideia é instalar caixas coletoras feitas de metal que serviriram como uma espécie de peneira para o lixo, permitindo apenas a passagem de água.

A procuradoria jurídica da Câmara deu parecer contrário ao projeto, citando que já existe uma lei de 2007 que obriga a instalação de grades protetoras nas bocas de lobo com multa de 300 reais para quem não fizer a proteção.

Diante disso, o relator da Comissão de Justiça, Eduardo Tominaga, solicitou manifestação da prefeitura, por meio da Secretaria de Governo, para saber se a lei de 12 anos atrás está sendo cumprida na cidade.

A secretaria de Meio Ambiente emitiu parecer favorável ao projeto, mas questionou quem ficaria responsável pela limpeza das caixas coletoras, e alertou para a existência de diferentes padrões de bocas de lobo na cidade. Já o Conselho Municipal do Meio Ambiente afirmou em seu parecer que existe uma recomendação do próprio Consemma desde 2009 para instalação destes bueiros, que até hoje não foi cumprida.

Por Marco Feltrin

Comentários