SEXTA, 10/05/2019, 09:01

Vereadores adiam mais uma vez discussão sobre projeto de lei que altera cálculo de horas extras dos servidores municipais

Justificativa é de que só agora prefeitura e sindiserv abriram o diálogo sobre o assunto

Pela quarta vez em menos de dois meses, foi adiada na Câmara de Vereadores a discussão do projeto de lei que muda o Estatuto do Servidor Municipal, com novas regras para a forma como são calculadas as horas extras, além da criação de um banco de horas.

A reclamação do sindicato dos servidores era de que a proposta havia chegado ao Legislativo sem que houvesse um debate com a categoria. Segundo o diretor do Sindiserv, Fábio Molin, o diálogo finalmente foi aberto.

Para o líder do governo na Câmara, vereador Jairo Tamura, o principal objetivo do projeto é evitar interpretações equivocadas que resultem em ações trabalhistas contra o município.

Apesar de defender o projeto, Tamura admite que a revisão das horas extras pode resultar em prejuízo para alguns serviços públicos.

Por Marco Feltrin

Comentários