QUINTA, 08/04/2021, 19:09

Câmara aprova repasse de um milhão e trezentos mil reais ao Corpo de Bombeiros em Londrina

Verba destinada à manutenção dos serviços da corporação deixou de ser lançada no IPTU após decisão do STF.

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal no final de 2016 impede as prefeituras de cobrarem, junto ao IPTU, a taxa de combate a incêndio, recurso repassado ao Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros, o Funrebom.

Para que o Corpo de Bombeiros não fique sem o recurso, o município envia todos os anos à Câmara um projeto de lei autorizado a abertura de crédito para repassar o valor, destinado a manutenção de equipamentos nos quatro quartéis e na frota de 65 veículos da corporação.
Na sessão desta quinta-feira na Câmara, foi aprovado o repasse de R$1.351 milhão junto à Secretaria de Defesa Social para o fundo.

O comandante do 3o Grupamento dos Bombeiros na região de Londrina, tenente-coronel Wilson Oliveira Paulino, defendeu a importância da verba para o trabalho da corporação.

Do total da verba, 1 milhão de reais será usado nos serviços de telefonia, manutenção de frota e abastecimento, entre outros. Os 350 mil restantes vão para a compra de equipamentos de respiração como cilindros e máscaras, lanternas para salvamentos e buscas aquáticas, além de esguichos para combate a incêndio.

Por Marco Feltrin

Comentários