SEGUNDA, 20/08/2018, 18:20

Penitenciarias estaduais de Londrina ainda despejam esgoto de forma irregular nas ruas

Sema já notificou para resolução imediata do problema, mas nada foi feito. Sanepar promete cobrar medidas urgentes.

A Secretaria Municipal do Ambiente, havia notificado no mês passado a Penitenciária Estadual de Londrina – PEL I por despejo irregular de esgoto. Agora o problema afeta também a PEL II.

A SEMA já autuou a diretoria da PEL por ser reincidente no despejo irregular.

Na PEL I o esgoto ainda está sendo despejado na Avenida Eurico Gaspar Dutra, na região sul de Londrina, conjunto Cafezal.

Já na PEL II a situação é diferente o esgoto vai pra rua, mas não há nenhum vizinho por perto, mas não deixa de ser crime ambiental.

De acordo com o gerente geral da Sanepar, na região norte do estado, Sérgio Bahls, existe parceria da Companhia de Saneamento com as penitenciarias, mas os problemas são recorrentes por que os próprios detentos despejam alimentação no esgoto, são marmitas que  entopem as galerias, com isso transborda o esgoto para a rua.

Ainda de acordo com Bahls, os diretores das penitenciarias vão fazer uma caixa que segura alimentos para não entupir mais as galerias.

Bahls não soube falar sobre prazos para que todo esse trabalho de prevenção seja feito. Mas promete ficar em cima para que seja algo de extrema urgência.

A solução deve ser apresentada a Sema até o final desse mês, para que uma multa não seja lavrada. 

Nossa reportagem tentou contato com os diretores da PEL I e II, mas eles não foram localizados, até o fechamento dessa edição.

Por Bruno Carraro

Comentários