QUINTA, 08/11/2018, 19:47

Prefeitura ainda está em busca de prédio para instalar temporariamente o Pronto Atendimento Infantil

Só depois que um novo local for alugado as obras de reforma do PAI vão começar.

A Secretaria Municipal de Saúde tenta desde o primeiro semestre desse ano alugar um prédio para as instalações provisórias do Pronto Atendimento Infantil – PAI. O prédio na Benjamin Constant será reformado e já tem até empresa contradada.

De acordo com o Secretário de Saúde, Felippe Machado, a empresa vencedora da licitação espera desde junho de 2016 para iniciar as obras, que custarão no total R$ 3,2 milhões. Os recursos são de uma pareceria do município com o governo do estado. A previsão para conclusão dos trabalhos, à contar o início das obras, são 15 meses. Mas para a ordem de serviço ser dada é preciso que um novo prédio seja alugado.

O prédio precisa ser na área central e ter algumas estruturas básicas de um hospital. São 400 crianças atendidas diariamente. Algumas instalações precisarão ser feitas pelo proprietário do imóvel antes da instalação do Pronto Atendimento sem que a prefeitura pague os custos. Essas exigências dificultam a locação.

Ainda de acordo com Machado, os valores são avaliados por uma equipe técnica da prefeitura. A prefeitura fez o comunicado no Diário Oficial do Município, mas não houve apresentação de propostas.

A reconstrução do prédio inclui também a reforma do Centrolab.

Por Bruno Carraro

Comentários

Publicidade