TERCA, 25/01/2022, 18:53

Prefeitura confirma mais de 700 casos do coronavírus em boletim desta terça-feira (25)

Número de casos ativos na cidade apresentou queda significativa no novo relatório. Apesar disso, patamar segue elevado.

Londrina registrou o maior número de confirmações da Covid-19 em um único dia, em 2022, nesta terça-feira (25). Foram 713 novos casos do coronavírus, segundo o relatório divulgado pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

O boletim também informou mais três mortes causadas pela doença na cidade. São três mulheres, com idades entre 67 e 83 anos. Todas apresentavam comorbidades associadas à infecção. Uma das vítimas foi internada em um hospital filantrópico na última quinta-feira (20), mas não resistiu às complicações e morreu no domingo (23).

Com os novos dados, o município soma 98.390 casos e 2.341 óbitos desde o início da pandemia.

Apesar do recorde de confirmações, o informe desta terça traz uma redução expressiva na quantidade de casos ativos. Na segunda, 1.906 pessoas estavam doentes e podiam transmitir a Covid-19. Agora, este número caiu para 1.213. Do total, 1.172 londrinenses estão em isolamento domiciliar e outros 41 pacientes estão internados. Destes, 12 estão em leitos de Terapia Intensiva e 29 são atendidos no setor de enfermaria.

A média móvel em Londrina segue em patamar elevado. Há uma semana, na terça-feira passada, o índice estava em 501,7. Depois passou para 501,9, mas caiu para 461,3. Já na última sexta-feira, a taxa voltou a subir e chegou a 490,9. No sábado e no domingo, o indicador apresentou quedas consecutivas, mas na segunda registrou um novo aumento, chegando a 478,0. Já na última atualização da prefeitura, a média ficou em 497,7.

Em todo o Paraná, 23.771 novos casos e 29 óbitos por conta do coronavírus foram registrados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). São 17 homens e 12 mulheres, com idades entre 32 e 98 anos. As cidades de Ibiporã, Jataizinho, Londrina, Cambé e Maringá estão entre os municípios que tiveram mortes em decorrência da Covid-19. Desde março de 2020, o estado soma 1.838.152 positivações e 40.809 vidas perdidas.

Por Victor Assis

Comentários