TERCA, 06/03/2018, 19:35

Primeiro mutirão para cadastro de carroceiros em programas sociais na região oeste tem 10 interessados

Prefeitura de Londrina tenta inserir os trabalhadores desse setor em novas profissões e programas sociais, já que, cavalos vão ser proibidos de circular em área urbana.

Começou na última sexta-feira o primeiro dos quatro mutirões que a prefeitura de Londrina vai realizar para cadastramento de carroceiros.

As Secretarias de Ambiente, Assistência Social, Saúde, Trabalho, Emprego e Renda, além da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização - CMTU se uniram para o cumprimento do decreto que proíbe a circulação, criação e manutenção de animais de grande porte na área urbana de Londrina.

Os carroceiros têm até o final do ano para mudarem de profissão ou conseguirem uma alternativa para o trabalho sem uso da força animal.

De acordo com a gerente de fiscalização da Sema, Graziela Santana, o primeiro mutirão na região oeste da cidade contou com 10 carroceiros cadastrados. Outros quatro mutirões devem ser realizados. Com o cadastro os carroceiros vão receber treinamentos para novas profissões e inserção em programas sociais da prefeitura.

Graziela ressalta que houve boa aceitação dos carroceiros aos programas.

Para animais de grande porte de lazer, a lei que proíbe a circulação em áreas urbanas passa a valer dia 12 de março, a partir dessa data os animais serão recolhidos pela prefeitura e o proprietário perde o direito de reaver o animal se não tiver propriedade rural.

Para denuncias de animais de grande porte soltos nas ruas a população pode ligar para a Guarda Municipal no 153 ou na CMTU no 3379-7900.

Por Bruno Carraro

Comentários