SEGUNDA, 04/06/2018, 06:10

Revendedoras de gás de cozinha trabalham feriado e domingo para atender a alta demanda

O preço do diesel ainda não caiu nas bombas. 

As revendedoras de gás de cozinha trabalharam no feriado, e durante todo o final de semana para darem conta de atenderem a alta demanda, desde a última quarta-feira, quando caminhões  chegaram escoltados em Londrina.

De acordo com o dono de revendedora, Carlos Alberto Paralego, desde quarta-feira o atendimento que antes era até às 6h da noite segue até às 10h da noite. Foi necessário trabalhar no domingo. Muitos estão estocando cotas de gás em casa com medo de uma nova greve ou paralisação.

A revendedora ficou seis dias sem receber cotas e o que vendia em três dias foi vendido em um. Os preços praticados são os mesmos de antes da greve, não houve aumento.  

Já no caso dos combustíveis os postos ainda estavam com filas imensas durante o final de semana.

O Sindicombustíveis emitiu nota informando que dos 100 postos de combustíveis em Londrina ao menos 96 já tinham recebido abastecimento até sexta-feira.

As distribuidoras, até a última semana, ainda não haviam repassado a redução do diesel de R$ 0,46. Os repasses nas bombas só serão feitos após as refinarias repassarem os valores.

Por Bruno Carraro

Comentários