SáBADO, 23/01/2021, 07:56

Vereadores novatos passam por treinamento antes do início das sessões em fevereiro

Objetivo é melhorar proposições de projetos e aumentar produtividade do legislativo

As sessões da Câmara de Vereadores só começam oficialmente em 1o de fevereiro, mas os 11 vereadores novatos e seus assessores já estão se preparando para o início dos trabalhos. A Escola do Legislativo, que começou em 2017 com a Câmara Mirim, está ministrando cursos de formação para os eleitos e seus nomeados, com conteúdo sobre o funcionamento da casa e o regimento interno.

Assim como as últimas sessões, todo o curso é feito de forma remota, ministrado por duas assessoras regimentais da Câmara. O coordenador da escola do Legislativo, Jefferson Inácio, explica como funcionam os treinamentos.

Jefferson aposta que o curso trará um salto de qualidade à Câmara, principalmente na criação de projetos que muitas vezes mal saíam do papel por esbarrar em questões óbvias de inconstitucionalidade ou vício de iniciativa.

Outro objetivo do curso, segundo Jefferson, é melhorar a qualidade da discussão dos projetos já na fase em que passam pelas comissões permanentes, e não em plenário, quando o debate se arrasta e a votação muitas vezes acaba sendo feita sob pressão, sem o confronto de ideias exigido.

A vereadora Lu Oliveira, do PL, é uma das estreantes no Legislativo que está participando do curso. Ela afirmou que a preparação já vem surtindo efeito no trabalho conjunto com assessores e serviu para clarear as ideias de como funciona a Câmara de Vereadores.

Questionada sobre a expectativa para o início das sessões ordinárias, em fevereiro, Lu Oliveira disse que entende todas as precauções relacionadas à pandemia, mas preferia que as reuniões todas as terças e quintas fossem realizadas em plenário.

As atividades da Escola do Legislativo terminam nesta terça-feira com uma palestra sobre a importância dos cuidados com a saúde no trabalho em relação à Covid-19.

Por Marco Feltrin

Comentários