QUINTA, 15/04/2021, 19:21

Após instalação de câmeras e alarmes, escolas municipais apresentam redução em taxa de arrombamentos

Com sistema de segurança controlado pela Guarda Municipal, ações criminosas caíram mais de 80% nos primeiros quatro meses do ano.

Das 122 escolas e creches da rede municipal, 78 unidades já contam com o sistema de monitoramento. O número representa quase 65% de todos os centros de ensino de Londrina. Desse percentual, mais da metade possui alarme e circuito de câmeras. Outra parcela das escolas é atendida apenas com aparelhos de alarme.

A implantação dos equipamentos faz parte do programa Monitorar para Proteger que tem o objetivo de garantir mais segurança e agilidade nos atendimentos das equipes de Guarda Municipal, que atuam no controle e na fiscalização dos espaços. Os sistemas estão conectados à central de emergência da GM que atende aos chamados, 24 horas por dia.

Um balanço divulgado pelo setor de Estatística da corporação mostra que entre janeiro e abril deste ano, os índices para furtos e arrombamentos em escolas municipais apresentaram reduções significativas, quando comparados ao mesmo período de 2020.  

O número de roubos passou de 37, no ano passado, para apenas seis, o que representa uma diminuição de 72%. Em relação às invasões em unidades de ensino, o percentual de ocorrências registrou uma queda de 83%. De acordo com o secretário de Defesa Social Pedro Ramos, a queda na incidência dos crimes é reflexo da ampliação dos sistemas de videomonitoramento nos prédios públicos.

Ele explica que parte dos furtos registrados em escolas municipais, nos primeiros meses do ano, foi em locais fora da área de cobertura do alarme. Ramos lembra que muitos dos prédios já são antigos e não apresentam estrutura de segurança adequada, mas que os equipamentos estão sendo efetivos para barrar roubos e invasões. A instalação de câmeras e alarmes deve ser ampliada ao longo do ano em mais escolas do município.

Com o avanço da pandemia e aulas presenciais, na rede municipal ainda suspensas,o coronel considera que as escolas estão mais vazias e se tornam alvos das ações de criminosos. Ele considera que as novas tecnologias implantadas nas unidades de ensino contribuíram para a proteção dos locais neste período.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Social Pedro Ramos, em uma segunda etapa, o projeto Monitorar para Proteger deve contemplar prédios públicos que prestam serviços relacionados à Saúde e Assistência Social. No entanto, ainda não há previsão de quando essa nova fase do programa deve ser iniciada.

Para acionar a Guarda Municipal, basta ligar no telefone 153. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Por Victor Assis

Comentários