QUARTA, 30/09/2020, 09:10

Câmara autoriza prefeitura de Londrina a receber casas pertencentes à Aeronáutica

Imóvei serão transformados em moradia para idosos em situação de vulnerabilidade social

Vereadores aprovaram, em primeira discussão, um projeto de lei que autoriza a prefeitura de Londrina a receber a
doação de imóveis que pertencem ao Comando da Aeronáutica. As 16 casas e um terreno ficam próximas ao
aeroporto Governador José Richa, e estão avaliadas em 5,6 milhões de reais.
Como contrapartida, o município vai perdoar uma divida de 496 mil reais que a Aeronáutica tem com a prefeitura,
referentes a outro imóvel localizado no Jardim Guararapes.
As casas farão parte de um projeto inédito da prefeitura, com acolhimento de idosos em situação de vulnerabilidade
social, com renda de até dois salários mínimos, que tenham autonomia para morarem sozinhos.
Segundo a assessora da Secretaria do Idoso, Luciana Alvarez, Londrina conta hoje com 8 mil pessoas da terceira
idade morando sozinhas.


A meta inicial é atender até 60 idosos, mas este número vai depender da forma como a prefeitura herdará os imóveis,
assim que a lei for aprovada.

O espaço também vai abrigar a nova sede da secretaria do Idoso e o projeto Casa Dia, oferecendo serviços de
alimentação e higiene, atividades de lazer, cultura e esporte, sem a necessidade de que o idoso pernoite no local.

O vereador José Roque Neto questionou se a nova estrutura contempla também a contratação de servidores. De
acordo com Luciana Alvarez, não está prevista ampliação de funcionários em um primeiro momento.

O encaminhamento dos idosos que terão acesso ao benefício das moradias será nos mesmos moldes do que é feito
com as instituições de longa permanência. Atualmente, 21 asilos abriram cerca de 600 idosos em Londrina.

Por Marco Feltrin

Comentários