QUINTA, 27/02/2020, 19:15

Com 48% dos trabalhos executados, prefeitura de Londrina decide rescindir contrato com empresa que há mais de um ano realiza a obra da estrada de Guairacá

Os aditivos de prazos e atrasos constantes nas atividades praticamente paralisadas fizeram com que o município interrompesse o contrato.

Moradores de Guairacá estão sofrendo muito para trafegar nas pistas de acesso ao Distrito depois das chuvas dos últimos dias. A sensação de muitos é de isolamento na região rural.

Em novembro do ano passado nossa reportagem recebeu denuncias de moradores da demora nas obras da principal estrada que liga o Distrito de Guairacá a Paiquerê. As reclamações eram de que as obras estavam praticamente paralisadas.De lá pra cá a situação não foi diferente. Apenas 48% das obras foram executadas.

De acordo com o Secretário de Gestão Pública do Município, Fábio Cavazotti, os moradores vão ter que ter um pouco mais de paciência. O contrato com a empresa que executava o serviço foi rescindido nesta quinta-feira, justamente pelos atrasos. Ainda não há prazo para retomada dos trabalhos no local, um novo edital será publicado para contratação de uma nova empresa.

As obras iniciaram em outubro de 2018 e deveriam ser concluídas em abril, mas com o novo processo licitatório o prazo deverá se estendido. As obras vão custar R$ 2,6 milhões e é uma demanda antiga da comunidade. A obra inclui um trecho de quase 8km de estrada que liga Guairacá ao distrito de Paiquerê, na área rural de Londrina.

Por Bruno Carraro

Comentários