SEXTA, 21/01/2022, 18:35

Com novo valor máximo em contrato para coleta de lixo, CMTU diz que ainda não há como dizer se taxa paga pelo contribuinte terá reajustes nos próximos anos

Segundo diretor de operações da Companhia, aumento está relacionado a correção nos custos dos insumos, em especial, no preço do combustível.

Com o fim do atual contrato para a coleta de lixo em Londrina, a prefeitura se prepara para uma nova seleção. A licitação foi publicada na última quinta-feira, pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU).

Com vigência de doze meses, o convênio pode ser renovado por cinco anos. De acordo com o edital, o custo máximo estimado para o serviço é de aproximadamente R$ 19,6 milhões por ano. Quase R$ 5 milhões a mais, quando comparado à licitação anterior, de 2017, quando a atividade tinha um custo médio anual de R$14,7 milhões.

O diretor de operações da Companhia, Álvaro do Nascimento, explica que a elevação está ligada à correção de preços dos insumos, principalmente, em relação ao valor do combustível.

Segundo ele, o valor final da licitação pode ficar abaixo do limite estipulado, já que o critério de seleção adotado foi o de menor preço por tonelada de material. O edital da CMTU aponta que o custo máximo unitário é de R$149,03.

Nascimento destaca, porém, que a análise das propostas também deve passar pela avaliação de requisitos técnicos que devem ser apresentados pela companhia, como conhecimento da atividade e do ramo de atuação.

O diretor de operações destaca que o novo convênio para coleta de lixo não vai interferir na taxa do serviço para o exercício 2022. O tributo é lançado junto ao carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), que já foi emitido. Neste ano, o valor pago por um imóvel em que o serviço é realizado três vezes por semana, é de R$160,99. Por outro lado, Nascimento diz que ainda não é possível prever como este aumento nos custos deve afetar os valores do tributo para os próximos anos.

Os interessados em participar da licitação devem protocolar as propostas até às 8h30, do dia 8 de fevereiro, na sede da CMTU, que fica na rua Professor João Cândido, 1213. Os atendimentos são realizados das 8h às 17h.

Por Victor Assis

Comentários